Escolha o melhor tratamento para estrias


Entre uma picadinha de agulha e uma estria, com qual das duas você fica? A carboxiterapia é um excelente tratamento para estrias baseado no nivelamento da pele com esse vazio demográfico a partir da aplicação de gás carbônico através de uma agulha bem fininha, como a de insulina.

As estrias são o pesadelo de qualquer pessoa e surgem geralmente em razão de uma distensão exagerada da pele que não tem elasticidade para suportar ser tão esticada. O crescimento da barriga das mulheres durante a gravidez ou o estirão, tanto de meninas quanto de meninos, na adolescência, são algumas das causas do seu aparecimento.

Formando vazios em que a pele fica repuxada as estrias se caracterizam por formar cicatrizes só nas bordas, evidenciando ainda mais seu contraste com a pele. A carbox suaviza essas marcas e trabalha o preenchimento das estrias revigorando a pele.

Tratamento para estrias
A carboxiterapia é um tratamento indicado não só para estrias como também para flacidez, celulite e gordura localizada. Com infusão de gás carbônico no tecido subcutâneo da pele a carbox promove a renovação das células da pele e acaba com o vão entre as cicatrizes das estrias, pois aproxima suas bordas.
A aplicação é feita com uma agulha super fininha e para evitar incômodo, geralmente, o profissional responsável massageia a região, distribuindo melhor todo o gás que é injetado no organismo. Em contato com os tecidos o CO2 promove a sua oxigenação e suaviza a aparência carregada das estrias.
Indicações para a carboxiterapia
- Estrias;
- Celulite;
- Flacidez, inclusive de braço "tchauzinho";
- Olheiras;
- Gordura Localizada.
Duração do tratamento da carboxiterapia
O número de sessões varia conforme as expectativas e o objetivo do paciente, mas, no mínimo são necessárias 10 aplicações. No caso das estrias, 1 vez na semana ou a cada 15 dias, dependendo da evolução.
Cuidados com a carboxiterapia
Logo apo a aplicação, se você der uma olhadinha de rabo de olho no que está acontecendo, provavelmente vai flagrar um inchaço momentâneo na região em que a picada com a agulha foi feita. Mas isso não demora a passar e o incômodo com a expansão do gás cessa assim que as bolhas de ar desaparecem e agem diretamente nos tecidos.
Se algum pontinho das picadinhas ficarem arroxeados, como pequenos hematomas deve-se evitar exposição solar e utilizar filtro solar fator 30FPS.
Contra-indicações
Coceiras fortes, alergias e herpes ativas na região da aplicação;
Neoplasias (câncer);
Vasos muito frágeis;
Gravidez.
Esse post é um Publieditorial. Enviado pela Redação Pró Corpo – www.procorpoplastica.com.br


Beijos 

Nana



2 comentários:

Postar um comentário

Fiquem a vontade comentem dêem sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...